CERTIFICADOS da XV ERBASE já disponíveis !
Apresentação

O Workshop de Trabalhos de Iniciação Científica e Graduação – WTICGBASE – é um fórum regional, que ocorre durante a ERBASE, cujo objetivo é debater e divulgar os trabalhos de Iniciação Científica (IC) e de Graduação, desenvolvidos nos estados de Bahia, Alagoas e Sergipe. O público-alvo deste evento é formado por alunos de graduação que já desenvolvem projetos acadêmicos em suas respectivas instituições, sob orientação de professores/pesquisadores da área de computação.

Os trabalhos podem ser submetidos, considerando a sua inserção, às trilhas de iniciação científica (IC) ou de conclusão de curso de graduação (CG). Serão observados os critérios de originalidade, relevância, apresentação e qualidade técnica no julgamento dos trabalhos. Serão aceitos apenas trabalhos desenvolvidos por alunos de graduação em instituições dos estados da Bahia, Alagoas e Sergipe. O primeiro autor do trabalho deve ser, obrigatoriamente, aluno regular de graduação ou ter concluído o curso em 2014.

Serão premiados os melhores trabalhos em cada trilha.

Datas Importantes

22/02/2015 01/03/2015 (firm deadline) – Prazo final para submissão (até às 23:59 horas)

14/03/2015 – Notificação de trabalhos aceitos

21/03/2015 – Entrega da versão final dos trabalhos aceitos (até às 23:59 horas)

Inscrições

Os autores dos trabalhos aceitos NÃO serão dispensados do pagamento da inscrição na ERBASE, nem do pagamento dos minicursos e laboratórios. Além disso, a publicação do artigo nos anais do evento está condicionada à inscrição de pelo menos um dos autores no evento e à apresentação do trabalho na ERBASE.


Submissão de Artigos

Os trabalhos submetidos deverão estar em formato PDF, podendo ser escritos em português ou inglês. Os artigos não devem ultrapassar o limite de dez (10) páginas, incluindo tabelas, figuras e referências, seguindo o padrão adotado pela SBC.

As submissões deverão ser feitas exclusivamente por via eletrônica. Os autores devem identificar-se apenas no formulário de submissão, mas não no texto ou em qualquer parte do artigo submetido. Quaisquer partes do artigo que possam de alguma forma identificar os autores ou instituições devem ser substituídas por "Xis" (Universidade Xis, por exemplo). Caso haja alguma identificação no texto ou em qualquer parte do artigo, este será desclassificado no processo de revisão.

É importante ressaltar que o WTICGBASE é um evento regional, restrito à regional Bahia-Alagoas-Sergipe. Trabalhos oriundos de outras regionais não serão aceitos. Os 5 melhores artigos da ERBASE 2015 serão convidados a submeterem uma versão ampliada para a Revista de Sistemas e Computação (RSC).


Coordenação

  • Álvaro Degas (UESC) – degas AT uesc DOT br
  • Rodrigo Calumby (UEFS) – rtcalumby AT ecomp DOT uefs DOT br

Comitê de Programa

  • Adilson Santos – Centro Universitário Cesmac
  • Aecio Santiago – Universidade Estadual de Feira de Santana
  • Alberto Costa Neto – Universidade Federal de Sergipe
  • Alexandre Correia – Instituto Federal do Sertão Pernambucano
  • Ana Claudia Martinez – Universidade Federal de Uberlândia
  • Angelo Duarte – Universidade Estadual de Feira de Santana
  • Antonio Apolinário Jr. – Universidade Federal da Bahia
  • Antonio Carlos Souza – Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia
  • Aprigio Bezerra – Universidade Estadual de Santa Cruz
  • Arturo Hernández Domínguez – Universidade Federal de Alagoas
  • Bruno Lopes – Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro
  • Camila Bezerra – Universidade Federal do Recôncavo da Bahia
  • Carlos Rodrigues – Universidade Estadual de Feira de Santana
  • Dinani Amorim – Universidade do Estado da Bahia e Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina
  • Edilson Carita – Universidade de Ribeirão Preto
  • Edward Moreno – Universidade Federal de Sergipe
  • Fabiana Bertoni – Universidade Estadual de Feira de Santana
  • Fabricio Santos de Faro – Faculdade Santíssimo Sacramento
  • Francisco Borges – Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia
  • Hamilton Brumatto – Universidade Estadual de Santa Cruz
  • Helder Aragão – Centro Universitário da Bahia
  • Ivan do Carmo Machado – Universidade Federal da Bahia
  • Jairson Rodrigues – Universidade Federal do Vale do São Francisco
  • Jorge Luis Cavalcanti Ramos – Universidade Federal do Vale do São Francisco
  • Jose Valentim Dos Santos Filho – Universidade Federal do Recôncavo da Bahia
  • Josemar Souza – Universidade do Estado da Bahia
  • Marcelo Honda – Universidade Estadual de Santa Cruz
  • Matheus Pires – Universidade Estadual de Feira de Santana
  • Mauricio Cunha Escarpinati – Universidade Federal de Uberlândia
  • Mário André Farias – Instituto Federal de Sergipe
  • Michele Angelo – Universidade Estadual de Feira de Santana
  • Paulo Eduardo Ambrósio – Universidade Estadual de Santa Cruz
  • Ricardo José Rocha Amorim – Universidade do Estado da Bahia / Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina
  • Rodrigo Braga – Universidade Federal de Itajubá
  • Rogério dos Santos – Universidade Estadual de Feira de Santana
  • Romildo Martins – Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia
  • Romulo Camara – Universidade Federal do Vale do São Francisco
  • Simone Amorim – Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia
  • Thiago Ribeiro – Universidade Federal de Uberlândia
  • Thiago Coelho – Universidade Estadual de Feira de Santana
  • Tiago Motta – Universidade Federal do Recôncavo da Bahia
  • Victor Sarinho – Universidade Estadual de Feira de Santana
  • Vivian Motti – Clemson University
  • Waslon Lopes – Universidade Federal de Campina Grande

Entre em contato !

Para informações, críticas e sugestões utilize uma das formas de contato abaixo.

Grupo de Pesquisa em Sistemas Distribuídos, Otimização, Redes e Tempo-Real (GSORT)
Rua Emí­dio dos Santos, s/n.
Barbalho – Salvador Bahia.
CEP: 40301-015. Bloco A. 3o andar.
Tel: (71) 2102-9457.
GSORT

O GSORT é um grupo de pesquisa da área de Ciência da Computação, formado por pesquisadores do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (IFBa). Tem como objetivo realizar pesquisa e desenvolvimento (P&D) na área de Ciência da Computação, com ênfase nas linhas de pesquisa do grupo, fomentando o crescimento estratégico de ciência e tecnologia (C&T) no estado e no paí­s.

IFBA

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (IFBa), criado pela Lei nº 11.892/2008, é resultado das mudanças promovidas no antigo Centro Federal de Educação Tecnológica da Bahia (Cefet-BA). Com tradição centenária no ensino técnico-profissional e há mais de uma década no ensino superior, o Instituto atua em sintonia com as demandas profissionais do mundo do trabalho, contribuindo para a cultura empreendedora e tecnológica do estado.

Envie-nos um e-mail

Ou siga-nos nas redes sociais

Copyright © 2015 GSORT/IFBa

Fotos do site: Igreja de Santo Antônio. Por Thiago Vieira. Licenciada sob a CC BY-NC 2.0. Bando Cumatê.