CERTIFICADOS da XV ERBASE já disponíveis !
Apresentação

O InovaBASE (Competição de Ideias Inovadoras em Tecnologia Bahia-Alagoas-Sergipe) é um evento que promove uma competição entre os alunos da área de Tecnologia da Informação (TI) através da exposição de ideias focadas em projetos com abordagem inovadora. Em sua quinta edição, o evento visa estimular a criatividade e a atividade empreendedora dos alunos de TI, fomentando a geração de novas ideias que contribuam para o desenvolvimento sustentável da sociedade.

O principal objetivo do InovaBASE é atrair ideias inovadoras que estejam na fase de conceito/protótipo e que atendam as seguintes premissas:

  • Tenham sido desenvolvidas por discentes regularmente matriculados em cursos de graduação, técnicos ou tecnólogos da área de TI ou afins (os autores devem ser alunos em nível de graduação/técnico, ou terem concluído o curso a partir de 2014);
  • Resolvam um problema real que tenha demanda de mercado ou que atenda uma nova demanda para os próximos 12 meses;
  • Tenham um forte apelo tecnológico utilizando ou integrando várias tecnologias inovadoras;
  • Possam ser comprovadas e demonstradas tecnicamente;
  • Não tenham sido premiadas em edições anteriores do evento e/ou eventos similares;
  • Não sejam frutos de plágio.

É importante salientar que os direitos autorais dos projetos submetidos ou premiados pertencem aos seus respectivos autores, reservando-se aos órgãos envolvidos na organização da ERBASE a prerrogativa de publicá-los e/ou divulgá-los por qualquer forma ou processo, em conjunto ou separadamente.

Datas Importantes

22/02/2015 01/03/2015 (firm deadline) 06/03/2015 – Prazo final para submissão (até às 23:59 horas)

14/03/2015 – Notificação de trabalhos aceitos

21/03/2015 – Entrega da versão final dos trabalhos aceitos (até às 23:59 horas)

Inscrições

Os autores dos trabalhos aceitos NÃO serão dispensados do pagamento da inscrição na ERBASE, nem do pagamento dos minicursos e laboratórios. Além disso, a publicação do artigo nos anais do evento está condicionada à inscrição de pelo menos um dos autores no evento e à apresentação do trabalho na ERBASE.


Submissões

Os projetos serão inscritos por equipes compostas por dois ou três alunos, preferencialmente, orientados por um professor (não obrigatório). As submissões deverão ser feitas exclusivamente por via eletrônica, obedecendo o formato de um relatório conforme previsto no item "Seções do Relatório" (ver abaixo).

Os autores devem identificar-se apenas no formulário de submissão, mas não no relatório submetido. Quaisquer partes do artigo que possam de alguma forma identificar os autores ou instituições devem ser substituídas por "Xis" (Universidade Xis, por exemplo). Somente a versão final, caso aprovada, deverá conter os nomes dos autores e respectivas instituições.

O processo de revisão e dos trabalhos a serem apresentados será conduzido de forma anônima (blind review) e qualquer proposta será analisada por pelo menos dois revisores.


Seções do Relatório

Os itens do relatório deverão ser redigidas em folhas numeradas sequencialmente obedecendo à estrutura do relatório e normas de formatação descritas abaixo:

Formatação
  • Quantidade de páginas: 3 a 5;
  • Papel: A4 (21 x 29,7 cm);
  • Espaçamento entre linhas: 1.5 cm;
  • Fonte: Arial, tamanho 12;
  • Margem superior, inferior e esquerda: 2.5 cm. Margem direita: 2 cm. Cabeçalho e Rodapé: 1.25 cm;
  • Formato do arquivo: pdf.

Estrutura do Relatório

A Ideia – Faça um breve histórico sobre a ideia a ser abordada, assim como as motivações que levaram os autores a proporem o projeto. Defina o seu produto claramente, o que ele faz (evite detalhes de como ele funciona) e o que torna ele diferente sobre o que ele faz. Você deve incluir também citações de especialistas de mercado para validar o problema detectado. Convença o leitor que o seu produto resolve um problema real de mercado de uma maneira eficaz e inovadora.

Análise de Mercado e Competitividade – Descreva as oportunidades para o seu produto e serviço. Defina um segmento de mercado que representa a melhor oportunidade de comercialização e por que você escolheu este mercado. Inclua o tamanho deste segmento diretamente relacionando o produto/serviço.

Capacidade de Realização – Coloque a tecnologia e o seu estágio de desenvolvimento em uma perspectiva. Descreva se a sua tecnologia é derivada de um trabalho existente, os resultados de um experimento de prova de conceito, um protótipo de laboratório ou até mesmo o ciclo de vida de desenvolvimento. Inclua estimativas de tempo e custo para criação de um protótipo que pode ser apresentado para potenciais clientes. Descreva como a sua tecnologia continuará superior às existentes.

Proposição de Valor – Defina o valor da oportunidade em termos de tamanho de mercado, valor do produto para potenciais clientes e os custos de colocar o seu produto no cliente. Nesta seção, deverá ser indicado por que o cliente comprará o seu produto.

Riscos e Ameaças ao seu Produto – Descreva os principais riscos e ameaças para entrar no mercado proposto. Inclua informações relevantes sobre regulações, decisões de compra, cadeias de suprimento relacionadas ao seu produto ou outras características do seu mercado que devem ser superadas.

Concorrência – Identifique os concorrentes e seus pontos fortes e fracos, canais de distribuição, custos e preços de venda praticados, políticas de crédito e formas de divulgação.Na primeira fase, as equipes deverão submeter o relatório como forma de inscrição no InovaBASE.


Formato da Competição

Na primeira fase, as equipes deverão submeter o relatório. Em seguida, os trabalhos serão avaliados por no mínimo dois revisores. As equipes com trabalhos selecionados deverão submeter a versão final do trabalho contendo as alterações sugeridas, caso existam.

Por fim, as equipes farão uma apresentação oral para uma banca de juízes em um tempo máximo de 15 minutos durante a programação oficial da ERBASE. No dia do evento, será disponibilizado um computador com projetor multimídia para as equipes.


Coordenação

  • Adilson Jorge dos Santos (CESMAC) – adilson DOT al AT gmail DOT com
  • Victor Sarinho (UEFS) – vsarinho AT gmail DOT com
Comitê de Programa

  • Adilson Santos – Centro Universitário CESMAC
  • André Almeida – Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba
  • Angelo Loula – Universidade Estadual de Feira de Santana
  • Elthon Oliveira – Universidade Federal de Alagoas
  • Fabio Araujo Barreto – Universidade Estadual de Feira de Santana
  • Fernando Pinto – Universidade Federal de Alagoas
  • Hyggo Almeida – Universidade Federal de Campina Grande
  • Jorge Luis Cavalcanti Ramos – Universidade Federal do Vale do São Francisco
  • Mário Hozano – Universidade Federal de Alagoas
  • Victor Sarinho – Universidade Estadual de Feira de Santana

Entre em contato !

Para informações, críticas e sugestões utilize uma das formas de contato abaixo.

Grupo de Pesquisa em Sistemas Distribuídos, Otimização, Redes e Tempo-Real (GSORT)
Rua Emí­dio dos Santos, s/n.
Barbalho – Salvador Bahia.
CEP: 40301-015. Bloco A. 3o andar.
Tel: (71) 2102-9457.
GSORT

O GSORT é um grupo de pesquisa da área de Ciência da Computação, formado por pesquisadores do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (IFBa). Tem como objetivo realizar pesquisa e desenvolvimento (P&D) na área de Ciência da Computação, com ênfase nas linhas de pesquisa do grupo, fomentando o crescimento estratégico de ciência e tecnologia (C&T) no estado e no paí­s.

IFBA

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (IFBa), criado pela Lei nº 11.892/2008, é resultado das mudanças promovidas no antigo Centro Federal de Educação Tecnológica da Bahia (Cefet-BA). Com tradição centenária no ensino técnico-profissional e há mais de uma década no ensino superior, o Instituto atua em sintonia com as demandas profissionais do mundo do trabalho, contribuindo para a cultura empreendedora e tecnológica do estado.

Envie-nos um e-mail

Ou siga-nos nas redes sociais

Copyright © 2015 GSORT/IFBa

Fotos do site: Igreja de Santo Antônio. Por Thiago Vieira. Licenciada sob a CC BY-NC 2.0. Bando Cumatê.